FIM DO EMPREGO

No início do século XXI, junto à ESAMC Sorocaba, visitei muitas escolas da Região Metropolitana de Sorocaba divulgando a ESAMC e palestrando sobre o assunto: Desafios para o Século XXI.

Um dos temas que abordava era a diferença de Emprego e Empregabilidade, e já falava que o emprego, como conhecemos hoje (na época, anos de 2001 à 2008) deverá morrer no século XXI.

Hoje (2016) entendo que morrerá muito antes do término do século atual.

Nas palestras, explicava que no século XX as pessoas se formavam em uma determinada área e trabalhavam 30 ou 40 anos na profissão e se aposentavam fazendo quase a mesma coisa, e era comum colocarem seu diploma em um quadro e fixarem na parede como “status” e diziam: Sou formado, nunca mais piso em uma escola. Vou aposentar e o Governo cuida da minha velhice.

No contraponto dizia, nas palestras, que no século XXI o diploma por si só não garante a empregabilidade, e sim o conhecimento, portanto vocês, alunos, não sairão dos bancos escolares: bacharelado, pós, especializações, mestrado, doutorado, enfim, estudar….

Também dizia que o Governo “Papai” terminará, então, cuidem de sua aposentadoria e da saúde, pois o sistema atual não se sustenta, e dias virão que não haverá dinheiro para pagar os aposentados, por isso pago aposentadoria privada.

Atualmente (2016) o grande desafio do governo é promover a reforma da Previdência e da CLT.

Lendo o artigo do Jeff Weiner, CEO do LinkedIn (link abaixo) com a afirmação de Elon Musk (um dos grandes visionários da atualidade), conclui-se que o grande desafio dos governos, a partir de agora, será como sustentar uma massa de pessoas que perderão o emprego em função da tecnologia.

A partir do anos noventa do século XX, quando a reengenharia transformou as indústrias através da automação (informatização e robotização), muitos empregos da indústria foram substituídos pelos empregos nos serviços. Atualmente a automação está também substituindo empregos em serviços, que está entrando em estagnação.

A pergunta que nos incomoda: “Onde irão trabalhar, e garantir seu sustento, tantas pessoas? principalmente os sem qualificação profissional?

Está ai uma preocupação para os sociólogos, economistas, políticos, cientistas sociais e principalmente para os administradores.

Caros alunos, por ora minha dica, não é conselho: estudem, estudem e estudem, e estudem mais um pouco, leiam muito, cuidem do seu repertório. Provavelmente vossos avós e pais trabalharam 40 anos na mesma profissão, provavelmente você mudarão de profissão muitas vezes  e trabalharão em algo que ainda não existe.

Segue o link: Tecnologia vai deixar 5 milhões de pessoas sem emprego até 2020, diz LinkedIn

Abraços e bom estudo!

Prof. Me. Calixto Silva Neto